prelaziaitb@gmail.com   |   Fone:(93) 3518-2820
    • Prelazia de
    • ITAITUBA
  • Papa receberá em junho mais vítimas de abusos no Chile

  • 23 de Maio de 2018

Image title

Trata-se de nove pessoas entre sacerdotes e leigos da paróquia do Sagrado Coração da Providência, onde ocorreram os abusos por parte do Pe. Fernando Karadima.

Cidade do Vaticano

A Sala de Imprensa da Santa Sé comunicou que de 1° a 3 de junho o Papa Francisco receberá um segundo grupo de vítimas do Rev. Fernando Karadima e membros da paróquia do Sagrado Coração da Providência (“El Bosque”).

Trata-se de cinco padres que foram vítimas de abusos de poder, de consciência e sexuais. Com eles, estarão também dois sacerdotes que assistiram as vítimas em seu percurso jurídico e espiritual e dois leigos envolvidos neste sofrimento. Todos serão hóspedes do Santo Padre na Casa Santa Marta.

A maioria dessas pessoas participou de encontros no Chile durante a missão especial de Dom Charles Scicluna e do Mons. Jordi Bertomeu, que se realizou em fevereiro deste ano.

Os outros colaboraram nas semanas sucessivas à visita. Com este novo encontro, programado um mês atrás, o Papa quer demonstrar sua proximidade aos sacerdotes abusados, acompanhá-los em sua dor e ouvir seu precioso parecer para melhorar as atuais medidas preventivas e de luta contra os abusos na Igreja.

Primeira fase

Conclui-se assim esta primeira fase de encontros que o Santo Padre quis manter com as vítimas do sistema abusivo instaurado algumas décadas atrás na mencionada paróquia. Esses sacerdotes e leigos representam todas as vítimas dos abusos do clero no Chile, mas não se exclui que não sejam repetidas iniciativas semelhantes no futuro.

Haverá vários encontros no decorrer do final de semana, que se realizarão num ambiente de confiança e de confidencialidade. Na manhã de sábado, 2 de junho, o Papa celebrará uma Missa privada na Casa Santa Marta; à tarde, estão previstos um encontro de grupo e depois encontros individuais. O Santo Padre continua a pedir aos fiéis do Chile – especialmente aos fiéis das paróquias onde esses sacerdotes desempenham seu ministério pastoral – de acompanhá-los com a oração e a solidariedade durante esses dias.


Desenvolvido por Cúria Online do Brasil cúria-online-do-brasil